A coleta de dados em campo e os desafios de se trabalhar em equipe

A coleta de dados em campo e os desafios de se trabalhar em equipe

Conheça os principais problemas no trabalho em equipe. Saiba o que fazer para evitar que eles comprometam o bom desempenho na coleta de dados em campo.

Quanto melhor o entrosamento entre as pessoas, mais rápido e eficiente é o desenvolvimento de um projeto.

Entretanto, o trabalho em equipe pode ser um tanto quanto complexo. Em especial, em atividades que reúnam um grande número de profissionais e atividades externas.

Pensando nisso, listamos algumas estratégias para te ajudar a superar esses desafios. Use estas dicas para aproveitar todo o potencial do trabalho em grupo para a coleta de dados em campo.

Planeje o trabalho em equipe com base nos objetivos do projeto

Quando lidamos com grupos de pessoas, a falta de processos pode ser um problema.

Damos margem para que os resultados sejam inconsistentes ou falhos, facilitamos para que os prazos estabelecidos não sejam cumpridos e permitimos que a equipe trabalhe com foco em objetivos individuais.

Para evitar estes problemas, é importante pensar no conteúdo da coleta de dados em campo. Mas também, na forma como que a equipe envolvida irá trabalhar.

Essa tarefa inclui planejar como os grupos estarão organizados e quais atividades serão executadas para cumprir com seus objetivos.

É importante também, estabelecer prioridades e a ordem dos locais a serem visitados. Considere para isso a distância, o tempo, a prioridade destas tarefas e as vias de acesso.

Fazendo isso, além de ganhar tempo, você evita atrasos, retrabalho e gastos desnecessários.

coleta e gestão de dados na prática

Defina funções para os membros envolvidos na coleta de dados em campo

Para manter tudo organizado e todas as tarefas alinhadas algumas ações são importantes. Entre elas, considere definir e organizar as funções de cada membro na coleta de dados em campo.

Afinal, é muito comum que as pessoas desenvolvam o hábito de acumular tarefas. Como resultado, não conseguem se organizar de maneira eficiente.

Essa postura acaba comprometendo o bom resultado de uma coleta de dados em campo. Desmotiva o time e eleva os custos envolvidos no projeto, como por exemplo, com a demanda de horas extras e gastos não previstos com transporte.

Para evitar contratempos, planejar como os colaboradores vão usar melhor o tempo disponível para as tarefas se torna essencial.

Esquematize bem tudo aquilo que a equipe vai realizar em campo durante cada etapa.

Lembre-se também de reservar um tempo para pausas importantes, como alimentação, os descansos da equipe, eventualidades no trajeto e outras necessidades.

Defina funções por colaborador, respeitando as habilidades de cada um. Assim, sua coleta de dados em campo será desenvolvida com mais qualidade e sua equipe será mais produtiva.

Estabeleça uma comunicação clara e frequente

Por mais que sua equipe esteja dividida por funções e atividades distintas, a transparência é um valor transversal na coleta de dados em campo.

Todos na sua equipe devem ter acesso ao que está sendo executado por outros membros para evitar retrabalhos ou mal entendidos.

Fazer isso exige a criação de canais de comunicação mais diretos, onde o contato e o compartilhamento de documentos importantes estejam de fácil acesso e permitam que o trabalho flua mais rapidamente.

Usando softwares online, por exemplo, você pode criar formulários, organizar seus materiais, e visualizar de forma sincronizada e colaborativa os resultados da coleta de dados em campo e outros diversos arquivos, incluindo fotos e cópias de emails.

Avalie e monitore as atividades para evitar problemas no trabalho em equipe

Avaliar se as diretrizes estabelecidas estão sendo respeitadas e as atividades estão sendo executadas corretamente é essencial, mas nem todo mundo faz isso.

No meio do caminho muitas regras acabam sendo ignoradas e as pessoas acabam fazendo as coisas do seu jeito.

Como consequência temos dados incorretos, registros não padronizados, erros de digitação, desperdício de tempo e muitos outros equívocos que podem levar um projeto ao fracasso.

Para evitar todos estes problemas, automatizar a coleta e o armazenamento de dados é o caminho mais viável. E você tem a tecnologia a seu favor para colocar tudo isso em prática.

Usando softwares online, como o Coletum, por exemplo, é possível criar formulários, listas de tarefas e ainda, avaliar e monitorar em tempo real tudo o que está sendo desenvolvido por cada membro de uma equipe.

Isso, mesmo quando o desafio está em gerenciar equipes que estão distribuídas em diferentes localidades.

Você fica livre dos registros em papel e otimiza todo o processo desde a coleta a análise dos dados.

E tem a certeza de que está trabalhando com dados consistentes, padronizados e que estão armazenados em local seguro e disponíveis a qualquer momento que precisar deles.

E você? O que tem feito para otimizar a coleta de dados em campo e fazer com que o trabalho em equipe seja cada vez melhor? Compartilhe com a gente.

Tags:,
Postagem anterior
7 erros em questionários que impedem você de criar uma pesquisa de sucesso
Pesquisa

7 erros em questionários que impedem você de criar uma pesquisa de sucesso

Próxima postagem
Armazenamento e organização de dados em nuvem: opção ou prioridade?
Coletum

Armazenamento e organização de dados em nuvem: opção ou prioridade?