Como tirar melhor proveito dos dados para facilitar sua experiência em pesquisas de observação

Como tirar melhor proveito dos dados para facilitar sua experiência em pesquisas de observação

As tecnologias móveis facilitam e melhoram a experiência em pesquisas de observação, por oferecer mais precisão, interatividade e segurança na coleta de dados.

São vários os tipos de pesquisa existentes. E cada uma delas exigirá uma metodologia específica para levar às conclusões esperadas.

Depende também da metodologia empregada, a presença ou não de um pesquisador na coleta de dados, e o grau de envolvimento deste profissional com o processo.

Pesquisas que são realizadas por meio da técnica de observação, por exemplo, requerem habilidades e muita atenção por parte do pesquisador.

Esse tipo de pesquisa, como o próprio nome já diz, se caracteriza pela observação. E é necessária sempre que um estudo exigir a presença in loco, para garantir a veracidade, evitar a perda de informação por coleta indireta ou até mesmo enviesada.

Nas pesquisas de observação, como a coleta de dados será realizada, vai depender do próprio pesquisador.

Ele pode optar entre vários métodos, porém, deve certificar-se de que nada passará em branco. Informações imprecisas, tendenciosas ou desorganizadas podem pôr em risco a confiabilidade de todo o estudo.

Para evitar problemas e garantir que pesquisas de observação sejam conduzidas da melhor maneira, deve-se buscar compreender “o que” e “como” observar. Saber separar os detalhes importantes dos triviais e utilizar métodos rigorosos para validar suas informações.

Neste processo, contar com ferramentas que automatizem o processo de coleta de dados é muito útil.

As tecnologias móveis para a coleta de dados podem contribuir para melhorar, e muito, a experiência do profissional em pesquisas de observação. Facilitam a obtenção dos dados, minimizam os erros e agrupam diversas ferramentas na palma da mão, por meio de um celular ou tablet.

Se você é um pesquisador experiente ou está iniciando a prática em pesquisas de observação, vai gostar de conhecer estes recursos para aprimorar os seus registros. Fique atento às dicas a seguir para tirar melhor proveito em sua coleta de dados.

Use a mobilidade para diminuir o peso da sua mochila

Recursos tecnológicos são muito recomendados em uma pesquisa de observação. Entretanto, ir à campo, com uma mochila abarrotada de equipamentos, nem sempre é uma tarefa fácil.

Filmadora, GPS, gravador, máquina fotográfica, fichas de papel, caneta, calculadora, etc. podem, em muitos casos, serem substituídos pelo o uso de um tablet ou celular, se você tiver a sua disposição um software de coleta de dados.

Com ele você integra diversos recursos, e ainda garante confiabilidade na transcrição das suas informações para a ferramenta. Você elimina garranchos, o extravio de documentos em papel e evita ter que tornar-se um equilibrista para manobrar tudo isso ao fazer seus registros. E o mais importante, pode dedicar suas atenções aquilo que verdadeiramente importa, que são seus registros e a documentação da sua pesquisa.

Certifique-se que sua coleta de dados realmente cobriu toda área prevista

A delimitação do espaçamento geográfico, em pesquisas de observação, é um item essencial para se conhecer a área coberta pelas observações. Em muitos casos, a localização faz parte dos dados a serem coletados. Em especial, em estudos com variação espacial, onde os mesmos dados são coletados em diferentes locais para comparação.

Ao utilizar softwares concebidos para a coleta de dados, como o Coletum, por exemplo, você pode configurar o seu formulário para armazenar as coordenadas dos locais dos preenchimentos. Assim, por meio do seu computador, você consegue visualizar no mapa interativo onde os dados foram coletados.

No caso de pesquisas, que estiverem sendo realizadas por um grupo de pessoas, este recurso pode ter outras utilidades. A começar pela garantia de que os profissionais cumpriram com suas obrigações e realmente estiveram em dado local para coletar as informações. Tudo é documentado fielmente e nada foge do seu controle.

Vá além da simples descrição para melhorar sua experiência em pesquisas de observação

Pesquisas de observação exigem muita habilidade do pesquisador, em especial, para a documentação de todos os registros e posterior interpretação destes dados.

Em pesquisas de observação não se pode contar com respostas, apenas, registrar da forma mais fidedigna possível o que, de fato, se está observando. Nesta função todo recurso é válido. Em especial, utilizar instrumentos mecânicos para isso.

Registrar os acontecimentos, expressões das pessoas observadas, etc. enriquecem e facilitam a pesquisa de observação. E tudo isso pode ser realizado por meio de softwares móveis de coleta de dados, que permitem que o pesquisador inclua fotos do local, imagens, e documentos diversos.

Cada formulário é armazenado de forma segura e organizada, e traz anexo todas essas informações, facilitando a leitura e a interpretação, tanto individual e como do todo.

Se você estiver prestes a realizar um estudo, vale a pena conhecer e utilizar a mobilidade a seu favor neste processo. Para começar, saiba como elaborar seus formulários e tenha acesso a outras informações que te levarão a experiências incríveis em pesquisas de observação.

use o coletum de graça

Tags:,
Postagem anterior
Uso da tecnologia no campo
Coleta de Dados

Uso da tecnologia no campo: o que torna esta prática tão necessária?

Próxima postagem
As contribuições da coleta de dados para a auditoria em obras de construção civil
Coleta de Dados

As contribuições da coleta de dados para a auditoria em obras de construção civil